Image Hosted by ImageShack.us

Saturday, May 27, 2006

silêncio e paz...


Silêncio e paz...
O céu era como uma tela...
coberta por pinceladas vermelhas e douradas
sobre o mar cintilante...
A paisagem era de uma beleza estonteante, envolvente...
Por uns momentos deixei-me encantar pela paisagem
como se fosse numa viagem
à procura no horizonte da magia da vida
no meio do silêncio e da paz...


...Vesti-me nas nuvens, com a espuma mais clara do mar...
maquiei-me com as minhas lembranças para continuar
a minha jornada entre sons leves, nostálgicos, sublimes...

Fiz do silêncio, a minha paz tão sonhada,
e a minha paz veio do silêncio de um não coberto de areia dourada...
Encontrei a paz no silêncio de mim,
das descobertas do meu eu distantes de sonhos perdidos entre espumas prateadas...
Entre azuis de um céu imaginário,
sentei-me no jardim de todos os dias vividos e sonhados...
aí reencontrei-me eterna, semi-deusa, imortal que sou...

Tuesday, May 23, 2006

sem beijos...


...sem beijos...
ontem fiz-me ausente
até de mim mesma eu corri...
deixei que o pensamento tomasse conta
e levasse-me em presente
no futuro que eu já vi...
no sentimento que deixei tomar conta...

os beijos eu não os dei...
a boca que tanto diz, então se calou...
deixei que a alma cuidasse do sonho...
não... eu não sonhei...
desta vez foi meu coração quem falou...
e num momento tristonho
no sonhar, sem beijar... eu acordei...

Friday, May 19, 2006

Navego no meu mistério...


Navego no meu mistério...



Queria sonhar todos os meus sonhos...
sentir o sereno embalar do luar nos meus pensamentos...
refrescar com a brisa a dor que dilacera o meu peito...
queria ter e ser um só pensamento e um só coração...

Mas eu naufrágo nas marés do existir
sou muitos pensamentos, muitos corações...
enrolo-me nas ondas dos sentidos...
os meus anseios perdem-se na minha memória...

Navego no meu próprio mistério...
guerreio com as minhas sombras...
adormeço no lençol da ilusão...
acordo coberta de sonhos e desejos...

Desperto paixões...
disfarço sentimentos...
proclamo emoções...
para cada um dos meus corações...

E como um dragão...
exalo fogo que queima outros corações...
firo com espada o país da minha alma...

Sinto saudade de tudo que fui...
sinto saudade de tudo que não serei...

Assisto à minha vida a passar...
somo silêncios...
e nesta minha maneira de existir...
moldo realidade...
entre a cruz e a espada...
entre a luz e as trevas...
entre o céu e o inferno...
entre o mistério e a magia...
de viver e conviver...
de existir e ser...

Sunday, May 14, 2006

Dançar ao luar...


Dançar ao luar...


Com as minhas mãos...
delicadamente e nua...
afasto as sombras da noite
que teimam em encobrir a Lua...

Quero-me brilhante...
aos teus olhos...
de apaixonado... de amante...

Vou vestir-me com os raios do luar...
para a minha pele pratear...

E assim o céu vou contemplar...
para que sejam reflectidos nos meus olhos
o mundo de estrelas que me deram
para te encantar...

Para te conquistar...
e enamorar...
por entre as sombras das árvores
vou dançar...

Para te provocar...
para te embalar
com os sons desta melodia
que só nós os dois somos capazes de escutar...

Para vires ao meu encontro...
e nos teus braços me aninhar...
e dormir e sonhar...
para nunca mais acordar...

Tuesday, May 09, 2006

La Luna...


La Luna...

En mi serenidad percibo
una melodía suave que me invita a contemplar el firmamento.

Al fondo siento el trinar de
los pájaros cortejando una melodía...
a su tiempo hacen unas cascadas,
como el sonido del mar
cuando toca la arena...
Son armonías refrescantes...

Pero algo hace requerir la mi atención...
es la luna y las estrellas en todo el firmamento...
ella esta muy feliz, muy sonriente...
y el brillo de las estrellas confirman que es así...
Quiere que la escuche, tiene un mensaje...
Me dice que:
si te pienso... lo percibes...
cuando deseo abrazarte... me envuelves...
cuando digo tu nombre... pronuncias el mío...
cuando te añoro... me recuerdas...
todo lo que siento... lo sientes...
mi corazón se agita... tu corazón flamea...

Buscaste a la Luna y no la encontraste...
ella se escapa a veces para hablar conmigo...
cuando no la divisas, ella esta a mi lado...
por eso, mi amado...
la distancia nos une cada día más...
nos hace ser perceptivos, sensibles y sinceros...

Todo el universo nos ayuda
a ser más romántico y lo
celebran sin temor a equivocarse...
así mi amado...
celebremos junto a ellos,
estos encuentros
con alegría y no con tristeza...
vivamos estos momentos
con mucha intensidad...

Monday, May 08, 2006

Desafios...

Desafios...

I

A Musician, www.theheartofamusician.blogspot.com, deixou-me um desafio, dar-vos a conhecer um pouco mais sobre mim...

Aqui vai...

4 empregos que já tive... ( já tive outros, mas aqui ficam quatro que me fizeram crescer muito enquanto pessoa... )
· Investigadora
· Professora de Química e TLQ
· Instrutora de Aeróbica e Step
· Gestora Financeira

4 sítios onde vivi... ( também já foram vários... aqui ficam alguns...)
· Paris ( Fr)
· York (UK)
· Queenstown (NZ)
· Porto (Pt)

4 filmes que posso ver vezes sem conta…
· O clube dos poetas mortos
· A trilogia do Sr. dos anéis
· O fantasma da ópera ( estou à espera para ver o filme, mas o musical já o vi três vezes ;) )
· O império do sol

4 séries que nunca perco...
· Não vejo televisão

4 websites...
· Os blogs onde escrevo
· Os blogs de alguns amigos
· Os meus emails
· O site da minha empresa


4 sítios onde gostava de estar... ( com ele... em qualquer sítio... mas aqui ficam alguns onde gostava de regressar...)
· Paris ( em casa)
· Auckland
· York
· Quioto


4 vítimas…
· Deixo o desafio a quem tiver “coragem” para o aceitar e revelar-se um pouco mais…


II
O João, www.pensamentosdojoao.blogspot.com, deixou-me como desafio


Realizar uma nova versão do poema "Lista de Preferências" de Bertolt Brecht, deixando as palavras a negrito..., sendo assim aqui vai:

Alegrias, viver...
Dores, esquecer...
casos, humm... (medito)
Conselhos, esses...evito...

Meninas, inocentes...
Mulheres, ardentes...
Orgasmos, sempre...

Ódios, amor...
Domicílios, calor...

Adeuses, paciência...
Artes, ciência...

Professores, amigos...
Prazeres, divinos...
Projectos, sonhar...

Inimigos, poucos
Amigos, “loucos”

Cores, o preto eterno...
Meses, os de inverno...

Elementos, espaciais...
Divindades, fatais...

Vidas, viver...
Mortes, esquecer...


Quem quiser que aceite o desafio...

Wednesday, May 03, 2006

Destino...


Destino...

Eram longas as noites, de um frio desolador...
por um escuro labirinto andei
sem rumo... tanto caminhei...
sem portas nem janelas...
nem uma pequena fresta havia...
por onde entrasse o sol...
dia? não havia... apenas noites sem lua...

A esperança esvaia-se...
a minha vontade era ténue...
já sem sonhos nem ilusões...

Esperava apenas o fim libertador...
até que por obra do destino...
vi alguém à minha frente
ali... na minha eterna noite...
e trazia num rosto um largo sorriso...
a sua alma estava envolta em raios de luar,
no coração... trazia esperança
no olhar... a terra prometida
nas mãos... um mundo de amor...

Vi o dia amanhecer... a luz fez-se intensa
com os lábios... num doce beijo
devolveu-me a vida...

Nasceram em mim outras vontades...
Quero lutar e conquistar...

Sorri ao mundo!
Um sorriso de confiança...
Percebi que é sempre tempo de recomeçar...

Agora... tristezas são apenas lembranças...
vivo cada segundo com intensidade
sem pensar se existirá um amanhã...
dias e noites a desfrutar deste amor...
o importante é ser feliz enquanto ele existir...