Image Hosted by ImageShack.us

Sunday, July 30, 2006

o lago encantado...





o lago encantado...

hoje regresso finalmente a casa...
o lago... o nosso lago...
o único sítio onde fui verdadeiramente feliz...
um dia... um sentimento...

neste solo sagrado, nas águas onde a lua reluz...
foste meu... e eu fui tua... fomos unos...
ultrapassamos os limites do corpo,
unimo-nos à energia criadora do universo,
e fomos luz...

caminho pela margem do lago sagrado,
envolta num manto de poesia...
a tua alma encosta-se levemente na minha...
... saudade...
e quis a vida separar-nos...

resta-me atravessar o lago e voltar ao meu mundo...
e esperar...
uma vida... uma outra vida...
mais uma caminhada... mais um sonho...
esperar por ti... cavaleiro do meu coração...

Tuesday, July 25, 2006

... prosa e poesia...


mergulhas as tuas mãos no meu corpo...
de olhos fechados sinto os suspiros das tuas palavras
nos versos na minha boca...

provocas-me arrepios...
seduzindo-me e acariciando-me com a tua poesia...
voamos dentro do sentir,
numa dança cadenciada de gestos, palavras...
beijos, toques e sonetos...

a lua tinge de prata os meus pensamentos,
enquanto o sol radiante ilumina o teu olhar...

as nossas almas unem-se, fazendo nascer estrelas, luas e vários sóis...
viajamos deixando rastos de luz, prosa e poesia...

Thursday, July 20, 2006

... no teu reino azul...



pertencemos a mundos diferentes...
o nosso amor é um sonho...
uma fantasia, uma ilusão...
uma estranha confusão...

mas hoje não...
cai a bruma...
o sol há muito que se escondeu...
e finalmente entro no teu mundo...

ao fundo ouço uma música,
que encanta e seduz... a nossa canção...
apareces por entre as colunas
do teu templo submerso...

hoje sou tua... és meu...

afloram os nossos sentidos...
afinados pelo coração...
viajamos numa sensação delirante,
as nossas almas sobem ao nirvana
e somos finalmente uno...
é perfeita a nossa sintonia...
música e poesia...

as ondas do teu mar
levam pedaços do nosso amor
e com cada grão de areia
transportam a nossa alma...

lá fora só a lua observa
e as estrelas riem em segredo...
e nós somos...
sonhamos...
vivemos...
hoje...
... no teu reino azul...

Thursday, July 13, 2006

na alquimia da noite...


... na alquimia da noite...


sou...
o pássaro que flutua na vida...
a estrela que no sonho cintila...

sou...
a onda que beija a ilusão...
a concha no desejo perdida...

sou...
o vulcão que desperta a fantasia...
a montanha que desafia o amor...

sou...
a lágrima que cai...
o sorriso que vibra...
o olhar que encanta...

a luz da lua...
o toque das estrelas...
o som do mar...

na alquimia da noite...
... sou poesia...

Saturday, July 08, 2006

... o deus do mar...




... o deus do mar...
a água... fria... toca-me...
o mar... chama por mim...
entro dentro dele...
sinto-o a envolver-me...

deixo-me levar sem resistência...
a princípio... nada...
pouco e pouco adivinha-se uma sinfonia...

os sentidos despertam...
cor e movimento...
e ao longe uma melodia...
que me encanta e embriaga...
e me faz mergulhar...
cada vez mais fundo...

vejo-me numa coreografia que não conheço,
mas que o meu corpo não hesita em seguir...
uma dança lenta, de ritmo perfeito...
as ondas vão e vêm com graça e segurança
fazendo carinhos temerosos...

... o deus do mar...
nesse momento somos um só...
partilhamos uma dança...
segredos e sentimentos...
num sonho que me acalenta...
e dá-me esperança...sempre...

Monday, July 03, 2006

do céu caiu uma estrela...



aproxima-se a noite...

no silêncio da noite... ouço-te...
na brisa que corre... sinto-te...

diante dos nossos olhos pasmados
as estrelas desfilam como caravanas luminosas
percorrendo o deserto insondável do infinito...

vagueamos pela floresta dos sonhos,
perdidos no oásis dos pensamentos,
as palavras mágicas ecoam nas nossas mentes,
somos guiados pela fantasia...

também o sol e a lua, eternos amantes,
estão “condenados” a ficar na distância...
sendo-lhes permitidos momentos de amor
apenas durante os breves eclipses...

uma estrela rasga o céu...
uma estrela cadente...

vá! rápido!...
pede um desejo...

sonhamos juntos...
porque do céu caiu uma estrela...