Image Hosted by ImageShack.us

Wednesday, August 30, 2006

a aurora dos sonhos...


a aurora dos sonhos...


visto-me de encantos,
canto o futuro,
encanto a vida
e parto...

viajo num raio de sol,
monto na garupa do vento,
e voo por nuvens de estrelas
na esperança de encontrar
o amor que elas cantam...
a eterna poesia...
bordada de sonhos e alegrias,
num eterno sonhar...

num desejo de realizar-me
na felicidade,
flutuo nas asas do irreal
e voando por nebulosas difusas,
ganho o infinito,
despertando a aurora dos sonhos...

Wednesday, August 23, 2006

criaturas da noite


criaturas da noite...


o véu da noite cobre a floresta negra...
olhos brilhantes contemplam-me
enquanto corro por caminhos
sulcados por lágrimas profundas,
imensas, dolorosas...

ao longe uma coruja pia...
( um grito de liberdade
ou um lamento angustiante?... )

é chegada a hora...

as criaturas da noite despertam,
abandonam os seus refúgios
e vagueiam, envoltas na solidão,
à procura da sua presa...

os espíritos murmuram por entre as sombras
que a lua deixa adivinhar e entrelaçam-se
com os nós da intranquilidade dos espectros...

sinto no ar a brisa trazida pelo vento
que sopra na minha direcção...
os meus sentidos despertam...
um odor agridoce mistura-se
com o perfume dos carvalhos e dos abetos...
o teu cheiro...

o sangue pulsa nas minhas veias...
sinto-te perto...
o teu cheiro inebria-me... desejo-te...
hoje oferecer-te-ei a eternidade...

o vazio instala-se na minha mente...
uma sensação de angústia e esgotamento...

não deixes que te encontre!

sou uma criatura da noite...
uma alma que ama, hoje...
sem depois...
apesar da eternidade...

Friday, August 18, 2006

a poeira do tempo...




a poeira do tempo...

na alma dos meus abismos,
está seca a paisagem
e seca a própria vida...

linhas fortes e tingidas
marcam os horizontes
dos meus sonhos...

passam-se horas... dias sem fim...
e, na solidão, tudo virou pó...
um pó infinito...

olho sem destino
o eterno início,
de uma fuga constante...

algo que nunca encontro,
e sempre a tristeza
e a dor da eterna procura...

e a ausência...
na poeira do tempo,
a poeira da vida,
onde aguardo, em silêncio,
a aurora dos meus sonhos...

Monday, August 14, 2006

homem... um ser especial...


homem... um ser especial...


com uma aura felina,
um olhar de falcão,
um sorriso divino,
um coração de leão...

tem alma de poeta,
que tem asas
e nos sonhos voa...
é um murmúrio de desejo,
que no corpo entoa...

é o ópio que vicia,
um mel que atrai,
o fogo que fascina,
uma lágrima que cai...

a sua sensibilidade é escondida
sob uma máscara de durão...
um jeitinho de menino,
que oculta um furacão...

um eterno menino,
um companheiro,
um amante, um amigo...
uma promessa de vida,
um destino, uma sina...

realidade? ... fatalidade!

Tuesday, August 08, 2006

... mulher...


... mulher...

mulher é carícia
afago, malícia...
doçura, tentação...
ternura, sedução...
pecado capital...
veneno mortal...

domadora de sonhos e ilusões...
rouba fantasias, constrói a realidade...
sacia desejos - é sexualidade...
alvo de imensas contradições...

mulher...
por tantos sonhada, idealizada...
em vão procurada e nunca encontrada...
a amante, menina,
a loba, vulcão...
a bruxa que enfeitiça
a santa, um furacão...

mulher divina... mulher poesia
onde tudo descobres e tudo irradia...
mulher... esculpida por deuses,
que sabiam como sonhar...

mulher...
deusa...
mãe...
companheira...
amiga...
amante...
mulher...
simplesmente mulher...