Image Hosted by ImageShack.us

Saturday, September 30, 2006

o abraço de despedida...


o abraço de despedida...


vem comigo...
deixa o teu corpo captar os sons e cheiros...
sente a areia ainda morna...
o cheiro a maresia e a música do mar...

um amor...
um amor que quer somente amar...

um momento de emoção traduz este sentimento....
estamos vestidos de desejo,
trajados de paixão e amor...
e num momento de incontidas emoções,
desnudas-me com os teus suspiros...

inquieto o teu corpo procura o meu...
embriagados na emoção,
os nossos corpos enroscam-se
e mergulhas assim no meu ser...

um abraço...
um abraço de onde emana o nosso calor...
deixo no teu corpo as minhas carícias bordadas
e o perfume que te fará lembrar de mim...

e bem alto, lá no céu, as estrelas e a lua escondida,
enchem a noite de encanto e magia,
fazendo esquecer, por momentos,
que este abraço tem o sabor amargo da despedida...

Sunday, September 24, 2006

áfrica... um coração selvagem...


áfrica... um coração selvagem


estende os teus braços e fecha os olhos...
abre a tua mente e o teu coração...
ouve a música e sente o pulsar da terra...
sente-me...

áfrica... a rosa negra...
a terra das acácias, dos dongos,
dos comunitários embondeiros...
o sol e o solo cálidos,
onde o verde nunca é verde,
e o laranja doirado é a cor predominante...

são palavras de vida em acordes de amor...
um canto novo, puro e livre
numa imensidão de sentimentos
que experimentamos ao sabor do tempo
na cena de um filme que jamais poderei esquecer...

navego nas lágrimas de um povo...
de rosto negro, semblante régio,
no qual desabrocha um sorriso
que aquece o corpo e devolve a vida
a um coração selvagem...

uma história... uma longa história...
inconsequente... talvez...

Tuesday, September 19, 2006

mergulha comigo...


mergulha comigo...


dá-me os recortes de uma noite enluarada
e no ápice de uma estrela cadente
transcende a saudade e a solidão,
e vem mergulhar comigo no infinito...

olha para o céu...
procura-me em cada estrela que brilha...
repouso numa delas, envolta em luar,
solta ao sopro do vento...

os meus olhos são as estrelas
que te guiam até aos sonhos...
vem... segue pelo tapete de estrelas
até à porta da lua, a minha morada...

dá-me a tua mão e mergulha comigo...
sem receios, entrega-te ao meu encanto...
o sonho não esmorece no tempo,
e nele ainda sou tua...

Saturday, September 16, 2006

loucuras...

fui desafiada pela Luna, http://lunadanoite.blogspot.com/,
a revelar as três loucuras que gostaria de fazer...
e como dificilmente deixo um desafio passar em branco...
são estas as minhas loucuras... as que tento fazer todos os dias:
amar, viver e sonhar...


amar...

apaixonada pela vida,
por um momento
sem correntes
sem amanhã
desafiando o tempo
e simplesmente...
amar...

viver... escrever...

porque ao escrever
vivo, sinto...
e palavras, palavras...
são palavras apenas,
palavras pequenas
que escrevo no momento
plenas de sentimento,
palavras, palavras
que as leva o tempo...


sonhar...

porque a vida sem um sonho
não faz qualquer sentido
quero viver numa floresta encantada,
com o meu dragão,
conversando com os elfos,
e viajar pelas estrelas sem destino...



sonho o impossível...
coisas simples da vida,
crescer, viver, amar...
cresci, vivo...
e continuo somente a sonhar...




passo agora este desafio a uma das pessoas mais doces que encontrei até hoje... luthien numenesse, http://www.evenstarundomiel.blogspot.com/

Tuesday, September 12, 2006

o meu dragão cinzento...


o meu dragão cinzento...

tenho um dragão cinzento que não se entrega a nada...
tem escamas de paixões, sonhos... saudades...
mas volta sempre ao verso e à paz do vento...

quando voamos juntos, tenho a sensação indescritível de vida
que vibra no mais profundo íntimo do meu ser...
o meu espírito vagueia e flutua sobre os imensos campos da vida...

nas suas asas sou luz e consigo penetrar nos recantos
mais sombrios dos homens, invadindo consciências proibidas,
dissipando brumas, aliviando culpas...

lá planto um sonho, uma esperança... desperto a minha essência...
com ele aprendi o canto e o grito da liberdade
que esvazia a alma e liberta o coração...

assumo o meu mundo e os meus pensamentos ganham forma...
agora sou o verso, o canto e o pranto... a prosa, a canção, a razão...
e os meus sonhos são as páginas do livro do destino,
onde dou cor à vida, com um lápis mágico...
e sempre na companhia do meu dragão...

Thursday, September 07, 2006

tu...


tu…


percorro o mundo atrás do teu universo,
que me deixa extasiada num só desejo do teu olhar,
pois os teus olhos buscam-me...
provocantes e sedutores...
vá... conta-me o enigma que escondes no teu olhar...

enamorando as letras descrevi os anseios do teu coração...
a tua voz sonora embala os meus sonhos...
procuro em várias galáxias o teu sorriso...
e os teus lábios... sinto-os quentes nos meus,
roubando-me o fôlego...

o meu sonho viaja no teu corpo, pela tua pele
entrego-me aos teus cantos e encantos
a minha intuição sussurra-me a verdade...
não somos poeira... somos magia... poesia...
... e o sonho não esmorece no tempo...

Saturday, September 02, 2006

paisagens do coração...


paisagens do coração...


acomodada nos devaneios da minha alma,
vagueio foragida da realidade,
mantendo o desejo de cicatrizar
as feridas que a vida me fez...

o meu coração jaz num deserto
encoberto de esperanças,
onde pairam nuvens de pó
carregadas de saudade
e o vento move dunas de lembranças...

luto contra o soluço solitário do vento,
abro as portas da fria masmorra
onde estava enclausurada a minha alma...
o meu coração bate e rodopia...
e entre estrofes, amor e pura poesia
viro mais uma página do destino...

a minha alma emerge então em ondas de felicidade
e num mar de inspiração,
onde a brisa enfuna as velas do meu sonho,
com paixão em cada sentimento,
mudo as paisagens do meu coração...